top of page

Dicas importantes de como evitar e proceder em casos de fraudes eletrônicas


Como se sabe, atualmente o universo digital/eletrônico cresceu consideravelmente, o que facilitou e muito a vida das pessoas, já que por meio de um simples aparelho celular é possível realizar incontáveis movimentações. Contudo, é de suma importância, manusear de forma segura e consciente os aparelhos nesse universo digital.


Pesquisas apontam que em razão da facilidade proporcionada aos consumidores na realização de transações e operações bancárias de forma eletrônica, houve um aumento significativo de fraudes, golpes e movimentações bancárias suspeitas. Dados da Serasa Experian, empresa especializada em serviços de informação, indicam que o ano de 2021 bateu recorde com mais de 4 milhões de tentativas de fraude, tendo sido o maior número registrado desde 2011[1].


Muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre como evitar esse tipo de situação ou como buscar a reparação de seus direitos em caso de uma fraude. Por isso, neste post vamos dar algumas dicas de como se prevenir desses golpes e esclarecer sobre eventual direito à indenização. Leia abaixo algumas dicas importantes:


  • Nunca informe ou compartilhe seus dados bancários com terceiros;

  • Ao receber ligações e/ou mensagens solicitando a realização de operações bancárias, certifique primeiro junto ao seu banco a procedência. Os bancos e instituições financeiras não realizam pedidos de cadastramento de dados por meio de mensagens e ligações;

  • Consulte os canais oficiais de seu banco, e apenas realize transações bancárias por meio destes;

  • Não acesse links recebidos por e-mail, mensagem de texto e redes sociais;

  • Confira sempre o destinatário quando for fazer pagamentos ou transferências bancárias;

  • Em caso de dúvidas, dirija-se até a agência bancária mais próxima.


Assim, se mesmo diante de todos os cuidados a fraude ou golpe ocorrer, indica-se que seja imediatamente comunicada à instituição financeira responsável e realizado um boletim de ocorrência.


Caso o consumidor não obtenha um resultado satisfatório junto a instituição financeira e o problema persista, é importante buscar a orientação de um advogado especialista, a fim de requerer judicialmente a reparação do dano, sendo cabível, inclusive um pedido de indenização.


No que se refere as indenizações, menciona-se que os casos de reparação ao consumidor vítima de fraude bancária, evolvem a análise e comprovação dos danos advindos da fraude ou golpe, ainda, que tenham sido praticados por terceiros, bem como da falha na prestação dos serviços pela instituição bancária.


Assim, caso você esteja passando por uma situação semelhante ou conheça alguém que precisa dessas informações, não deixe de compartilhar.


Em havendo dúvidas, entre em contato com nossas advogadas.

[1] https://www.serasaexperian.com.br/sala-de-imprensa/analise-de-dados/ano-de-2021-bate-recorde-com-mais-de-4-milhoes-de-tentativas-de-fraude-revela-serasa-experian/#:~:text=O%20ano%20de%202021%20chegou,3%2C5%20milh%C3%B5es%20de%20ataques.

12 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page